A demissão de René Simões foi o estopim de uma crise interna que acontecia há alguns dias. O presidente do Botafogo Carlos Eduardo Pereira explicou os motivos da demissão do treinador.

“No último domingo, conversamos com ele. Sei que estamos em primeiro lugar, mas não há como repetir os mesmos erros sempre… Essa eliminação doeu bastante. O clube atravessa um momento conturbado e não podemos ficar longe de nosso maior objetivo. Agradeço ao René por tudo”, disse o mandatário, em conversa por telefone.

Doriva, ex-Vasco e Marcelo Cabo, que faz bom trabalho no Macaé, largam na frente. Cauteloso, Carlos Eduardo descartou alguns nomes e ressaltou que, até sábado, o time estará com Jair Ventura no comando:

“Nem Oswaldo, nem Josué Teixeira. Falei para o Lopes (Antônio – diretor de futebol) pegar alguns bons nomes no mercado e quero estar conduzindo este processo junto com o departamento de futebol”, afirmou.

Um dos sonhos da torcida alvinegra, Cuca foi elogiado.

“Ele é um grande treinador, mas está em outro patamar financeiro o que impossibilita qualquer operação”, finalizou.

Fonte: Blog Sem Firula - Claudio Portella - Fox Sports