Carlos Eduardo Pereira, presidente do Botafogo, falou pela primeira vez, mesmo que de forma indireta, do interesse do Flamengo no volante Willian Arão. O jogador já estaria apalavrado com o clube rubro-negro, que segundo Carlos Eduardo estaria violando os preceitos da ética no esporte.

– Agora é uma questão jurídica. Eu não conversei com o jogador ainda, mas juridicamente, no momento, a prioridade é a defesa dos interesses do Botafogo. Ele assinou um contrato e nós estamos cumprindo um contrato que foi assinado por ele. Acreditamos que nenhum clube comprometido com a ética vá fazer um aliciamento em um jogador que tem contrato – afirmou ao site Globoesporte.com.

Fonte: Redação FogãoNET