A Primeira Liga definiu e quer mais um time do Rio do Janeiro para completar os seus 16 participantes em 2017. O cruzeirense Gilvan de Pinho Tavares, presidente da entidade, ficou encarregado de fazer o contato com o Botafogo para consultá-lo a respeito de seu interesse em entrar na competição enquanto que o Vasco corre por fora inicialmente.

Em encontro recente na sede da CBF, no Rio de Janeiro, o cartola cruzmaltino Eurico Miranda praticamente descartou a ideia e se mostrou contrário ao campeonato. Gilvan preferiu minimizar o episódio.

O botafoguense Carlos Eduardo Pereira afirmou na ocasião não ter sido procurado ainda.

“A gente está abrindo para que um clube do Rio preencha essa vaga a partir da próxima temporada: Botafogo ou Vasco. Vamos convidar um dos dois para ver se aceita. O Gilvan ficou de fazer o contato”, afirmou o mandatário do Avaí, Francisco Batistotti, em contato com o ESPN.com.br.

Ele ocupa a vice-presidência da Primeira Liga.

A princípio, havia a indefinição se o convite seria estendido a um representante carioca ou gaúcho.

Os clubes devem voltar a se reunir no próximo dia 11 de julho, em São Paulo.

Eles precisam contornar o clima ruim que ficou ao fim do último encontro, no Rio de Janeiro, e a troca de farpas sobre a definição das datas para 2017.

A Primeira Liga conta hoje com 15 fundadores e é formada por América-MG, Avaí, Atlético-MG, Atlético-PR, Chapecoense, Coritiba, Criciúma, Cruzeiro, Figueirense, Fluminense, Flamengo, Internacional, Joinville, Grêmio e Paraná.

Fonte: ESPN.com.br