O técnico René Simões foi só elogios ao atacante Luis Henrique, que teve uma estreia marcante com a camisa do Botafogo. Com apenas 17 anos, marcou dois gols e fez uma linda jogada que originou o quarto, de Rodrigo Pimpão, na goleada sobre o Sampaio Corrêa por 5 a 0.

René, no entanto, fez questão de frisar que pediu à assessoria de imprensa do Botafogo que vete entrevistas do atacante depois da grande atuação desta noite, no intuito de preservá-lo.

– Assim como fiz um pedido ontem à torcida, para que tivesse paciência com Luis Henrique, gostaria de pedir à imprensa que tenha paciência. Vamos poupar esse menino do assédio que vai ser muito grande agora, o que é absolutamente normal. Comparação com Jairzinho, com todos, vai acontecer. Temos que poupar esse menino, é um turbilhão de coisas que está na cabeça dele. Após o jogo, fui no ouvido dele e falei: “escute o velho de 62 anos, estamos numa roda gigante. Uma hora você está lá em cima, na outra pode estar lá embaixo. Importante é nos portar com dignidade e profissionalismo nos dois pontos dela” – disse René, sem deixar de elogiar a atuação do garoto:

– Estou muito contente com ele, não tive dúvidas em momento algum. Comversei com os mais experientes do grupo e eles me disseram: “Bota o menino, ele é diferenciado.” E tem uma estrela impressionante! Na primeira cabeçada, fez o gol, o segundo gol também foi espetacular, a movimentação dele… E a jogada dele do gol do Pimpão, uma maravilha. O repertório dele é maior do que eu tinha visto, acho que ele gosta mais de jogar do que de treinar.

Fonte: Redação FogãoNET