Nesta sexta-feira, o técnico do Botafogo, René Simões, e o atacante Jobson entraram juntos no campo anexo do Engenhão e demonstraram entrosamento. Ambos conversaram por poucos minutos e o treinador falou sobre o assunto mais tarde.

A mudança de postura de Jobson, antes jogador problemático para trabalhador, empolgou o técnico botafoguense. O atacante vem conquistando cada vez mais rápido René e ganhando espaço no novo elenco.

“Talvez tenha sido a primeira resenha individual com ele. Hoje estávamos andando, e ele puxou assunto. Tenho trabalhado com o Jobson como trabalho com todos os outros. Nada diferenciado. Ele tem que ser profissional e tem sido”, avaliou o técnico.

No início da pré-temporada, Jobson era o “último da fila” de atacantes do Bota. Hoje a situação é completamente diferente e ele se tornou a principal opção à dupla de ataque Rodrigo Pimpão e Bill.

“O Jobson tem chegado no horário, mostrado empenho. Por isso ele está na relação para o jogo contra o Boavista. No início da temporada, ele não estaria. Se continuar assim, ele vai jogar. Se não continuar, ele vai sair. Ele sabe disso”, completou René.

Fonte: Futnet