Em reunião realizada na sede em General Severiano e que terminou no final da noite desta segunda-feira (10), uma decisão foi tomada e deverá ser anunciada nas próximas horas. O Botafogo terá ainda o reforço de três jogadores. O grupo se reuniu logo após o vice-presidente de Futebol, Antônio Carlos Mantuano, anunciar sua saída da direção. Ele vinha se desgastando devido ao comportamento agressivo contra jogadores e até visitantes em partidas no Estádio Nilton Santos.

Da reunião participaram o ex-presidente e Conselheiro do Clube, Carlos Augusto Montenegro, Manoel Renha (atual diretor), Dulcésio Mello (candidato a vice-presidente na última eleição) e o atual presidente, Carlos Eduardo Pereira. Este, que resistia em contar com a colaboração de antigos dirigentes, teve que ceder diante da crise financeira galopante e do risco do clube sair da zona de classificação para a primeira divisão. Atualmente o Botafogo é o quarto colocado na tabela e volta a campo hoje (11) para enfrentar o ABC de Natal. Caso vença, pode reassumir a liderança da competição. Mas em caso de novo resultado ruim, pode sair da zona de classificação.

Sobre os reforços, embora os nomes não tenham sido anunciados, sabe-se que os jogadores atuam no momento no Flamengo, Avaí e São Paulo. Eles não tem sido aproveitados nos respectivos clubes e seus nomes foram sugeridos a Montenegro. Especula-se que Almir possa ser o nome do Flamengo por conta da sua história ligada ao Botafogo. Outro nome cogitado era o do zagueiro Dória, formado no Botafogo, e que está com a situação irregular por conta da falta de pagamento na sua venda no ano passado. Do Avaí o reforço seria André Lima, ex-Botafogo.

Fonte: Conexão Jornalismo