Não há como duvidar do que esse Botafogo comandado por Ricardo Gomes é capaz de fazer. Mesmo com jogadores limitados, o Glorioso mostrou muita organização e força de vontade e, sendo superior em praticamente todo o jogo, venceu o Fluminense por 1 a 0 neste domingo, se garantindo na final do Campeonato Carioca. A final de 2015 será reeditada, contra o Vasco da Gama, em dois jogos no Maracanã.

Ribamar é abraçado por Leandrinho e Luis Ricardo: carrasco tricolor! (FOTO: Vitor Silva/SSPress)Ribamar é abraçado por Leandrinho e Luis Ricardo: carrasco tricolor! (FOTO: Vitor Silva/SSPress)

Com um elenco mais barato e enxuto do que o rival, que tem nomes badalados como Henrique, Cícero e Fred, o Botafogo teve amplo domínio no primeiro tempo, mas a bola teimou em não entrar. Gegê teve a melhor chance, ao certar a trave. O Fluminense estava encurralado. Na etapa final, brilhou a estrela do garoto Ribamar. De cabeça, ele marcou o terceiro gol dele pelo Botafogo, e o terceiro contra os tricolores.

Nos dez minutos finais, a defesa alvinegra segurou a pressão com um homem a menos, após a expulsão de Carli. Vitória da raça, da organização e da camisa do Botafogo contra o velho freguês!

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 0 X 1 BOTAFOGO

Local: Estádio Raulino de Oliveira
Data-Hora: 24/04/2016 – 16h
Árbitro: Rodrigo Carvalhães de Miranda (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ)
Público e Renda: 3.562 pagantes / 5.182 presentes / R$ 104.285,00
Cartões amarelos: Jonathan, Gum e Pierre (FLU); Salgueiro, Gegê, Carli e Bruno Silva (BOT)
Cartões vermelhos: Carli 37’/2ºT (BOT)
Gols: Ribamar 17’/2ºT (0-1)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Pierre (Magno Alves), Cícero, Gerson (Douglas) e Gustavo Scarpa; Osvaldo (Marcos Júnior) e Fred – Técnico: Levir Culpi.

BOTAFOGO: Jefferson; Luis Ricardo, Carli, Emerson (Renan Fonseca) e Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Gegê, Leandrinho (Fernandes) e Salgueiro; Ribamar (Diego) – Técnico: Ricardo Gomes.

Fonte: Redação FogãoNET