Quatro vitórias em quatro jogos e 100% de aproveitamente no Carioca. Em números, o início de temporada do Botafogo é animador. Porém, o futebol apresentado em campo ainda não convenceu nem a torcida e nem Ricardo Gomes. Após a partida, o treinador criticou o fraco primeiro tempo, onde o Alvinegro sofreu pressão do Resende, mas destacou que na segunda etapa, a equipe merecia mais um gol. Para o técnico, porém, o momento ainda é de testes na equipe, independentemente dos 100% ou da campanha no Estadual.

“Não penso em tranquilidade, penso em trabalho, nos jogadores do Botafogo, não em qual o nível de pressão. Poupei o Emerson e o Renan que se conhecem, comecei com Carli e Emerson Silva, mas trabalharam isso a pré-temporada inteira. Corri risco calculado, independentemente da tranquilidade dos 100%. Temos que evoluir, mas se mantiver o mesmo time e daqui a dois meses precisar (mexer) vai ficar longe da realidade. Tem que fazer isso todo dia. É apenas o quarto jogo, início de trabalho”, afirmou Ricardo Gomes em entrevista coletiva.

Ricardo aproveitou para não confirmar e nem colocar nenhum prazo para estreia do recém-contratado Salgueiro, que começou a treinar com a equipe na última semana. O treinador também fez elogios aos estreantes Joel Carli, Emerson Silva e Bruno Silva, além de elogiar e ao mesmo tempo prometer uma bronca a Luis Henrique pelo amarelo levado por simulação no segundo.

O Botafogo continua líder do Grupo B com 12 pontos e volta a campo só no próximo domingo, contra a Cabofriense, ainda sem local definido.

Fonte: O Dia Online