Envolvido em rumores sobre renovação e proposta de outros clubes, Roger admitiu pela primeira vez que pediu aumento ao Botafogo. Sem confirmar valores, divulgados no Boletim do C.E, no FOGÃONET, ele considera que sua pedida não é absurda e espera permanecer no Alvinegro.

– Minhas respostas sempre foram as mesmas, quero permanecer no Rio, minha família adora, meus filhos, minha esposa… Me sinto em casa. Todo atleta quer uma valorização, quer ser valorizado. Todo trabalhador que tem um ano como o meu quer uma valorização. Até me espantei quando li algumas coisas, disseram que fiz uma pedida absurda. Não tem nada de absurdo. Pega os 9 do Brasil, vê quanto ganham e quanto eu ganho. Creio que o Botafogo vai fazer o possível pela minha permanência e quem sabe até o final da semana tenha um final feliz na negociação – afirmou ao Fox Sports.

Com contrato até o fim do ano, Roger tem proposta do Corinthians e está em recuperação após um tumor nos rins. Ele retomou os treinamentos, mas ainda não tem condição de jogo.

O centroavante concedeu entrevista durante a semana e revelou que planeja jogar de 2 a 3 partidas na reta final do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Redação FogãoNET e Fox Sports