Em reunião nesta terça-feira, diretoria e comissão técnica do Botafogo decidiram afastar o atacante Sassá dos treinos com o grupo principal até segunda ordem. Desta maneira, ele está fora do jogo de quinta-feira, contra o Atlético Nacional, pela Copa Libertadores. A informação é do Globoesporte.com.

A decisão recebeu o aval também dos jogadores. A atitude foi tomada depois de mais um episódio de indisciplina de Sassá, que chegou atrasado a um treino na semana passada e não cumpriu o cronograma estipulado.

Ele já havia sido cortado da viagem para enfrentar o Grêmio, domingo, em Porto Alegre. Enquanto seus companheiros jogavam, ele curtiu a noite na festa Tardezinha, na Lagoa, e depois na boate All In, na Barra, onde inclusive teria se envolvido numa confusão com uma advogada.

Sassá treinou na segunda-feira com o grupo de não-relacionados, mas nesta terça ficou apenas na academia, já que não há clima com o restante do elenco.

Enquanto isso, sua renovação contratual segue parada: o atual acordo vai até dezembro, e ele pede R$ 5 milhões de luvas e salários de R$ 300 mil para ficar. A partir de julho, ele pode assinar um pré-contrato com qualquer clube e deixar o Botafogo de graça no final do ano.

Fonte: Globoesporte.com