Seedorf convoca ‘energia da torcida’ por ‘sonho do título’

Compartilhe:

O Botafogo vive um ano especial. Mesmo sem poder contar com o Stadium Rio, o time foi campeão carioca direto, está nas oitavas de final da Copa do Brasil e na terceira posição no Campeonato Brasileiro. Se ainda havia dúvidas sobre a capacidade do elenco, não há mais. Este é o pensamento de Seedorf, que ressalta a força do elenco, na véspera do jogo com o Vitória, nesta quinta-feira, no Maracanã. Porém, para que a temporada seja ainda mais vitoriosa, ele convoca os alvinegros.

“Não só eu, todos do time essa semana conversamos muito sobre a relação com a torcida, que tem uma força importante e uma energia especial. Estamos com muita vontade de ver nossa torcida crescer, sonhar e acreditar no grupo, no trabalho que estamos fazendo. Precisamos sentir essa energia no estádio. É um convite para todo mundo, crianças e famílias. É um ano especial para o Botafogo. Finalmente, voltamos para o Rio, para uma grande casa e temos um jogo importante. Vamos precisar do 12º homem, como se diz no futebol. Nosso grupo está convidando mesmo a torcida. Com eles, vai ser mais fácil”, pede Seedorf, que vê essa ligação como fundamental.

“É ter pacto, união forte mesmo. Sabemos que os torcedores acreditam no nosso trabalho, ninguém pode ignorar o que estamos fazendo. Nunca consegui ganhar nada sem o torcedor empolgado, vendo que está acontecendo algo especial. Quem vier jogar contra o Botafogo, tem que nos enfrentar e enfrentar a torcida. Vai dar suporte tecnicamente e moralmente para o time e, por consequência, para o clube também”, lembra.

Na atividade que antecedeu o jogo com o Vitória, Oswaldo de Oliveira priorizou as jogadas de bola parada e as finalizações. Apesar de o Vitória também viver bom momento, a concentração do time está principalmente em desempenhar um bom futebol.

“Estou acostumado a pensar em mim, respeitando qualquer time. A melhor maneira de respeitar é colocar tudo que tenho, agressividade, vontade e determinação. Focar no adversário é tirar o foco do que eu devo fazer. Claro que nos preparamos conhecendo os pontos fortes do adversário, mas penso no nosso time e nas nossas jogadas. Temos um jogo para ter posse de bola e criar. O Botafogo, que está lutando para ganhar esse campeonato, não pode focar muito no adversário. Essa é a mentalidade de um time vencedor, que quer ganhar o campeonato. Estamos dez rodadas lá em cima, não é casualidade. Tem muito caminho pela frente, mas é hora de começar a sonhar, de verdade. Nosso grupo está mostrando que tem capacidade para chegar no final e ganhar esse campeonato. Estamos acreditando e mostrando todos os jogos que queremos”, destaca.



Fonte: Site Oficial do Botafogo
Comentários