Seedorf propõe pacto com a torcida: ‘Esse ano é especial’

Compartilhe:

Depois da baixa presença da torcida do Botafogo no clássico com o Flamengo, no último domingo, o elenco do alvinegro decidiu pedir mais apoio nos estádios nesta luta da equipe pela ponta da tabela do Campeonato Brasileiro. E o porta-voz foi Seedorf, que lembrou o bom desempenho do time neste ano para propor uma espécie de pacto de cooperação. Até esta rodada, o clube tem média de 4.193 pagantes quando é mandante, apenas a 18ª posição entre os 20 times do campeonato.

O camisa 10 disse que não se faz um time vitorioso sem o apoio da torcida e cobrou que os alvinegros confiem no potencial da equipe. O holandês deseja que todos os adversários que joguem contra o Bota sintam a pressão dos torcedores na arquibancada.

– Queremos um pacto com a torcida, conversamos muito sobre isso. Eles precisam entender que este é um ano especial. Estamos com muita vontade de vê-los crescer e acreditar no nosso trabalho. Queremos sentir esta energia no estádio, e não só à distância. Fazemos este convite, precisamos deste 12º homem. Sem eles é mais difícil. Nunca consegui ganhar nada sem ter um torcedor empolgado. Quem vem para jogar contra nós, tem que enfrentar nossa torcida também.

Seedorf deu como exemplo de bom casamento entre time e torcida o Atlético-MG campeão da Libertadores e a seleção brasileira campeã da Copa das Confederações.

– O Atlético não seria campeão se não fosse o apoio da torcida. E a própria seleção brasileira foi um exemplo disto.

O desejo no Bota é de que o Maracanã receba um bom público nesta quinta-feira, às 19h30m (de Brasília), para o duelo com o Vitória. Será o primeiro jogo do Alvinegro como mandante no remodelado estádio. Em terceiro lugar com 17 pontos, o Glorioso tem a chance de ser líder novamente em caso de vitória.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários