A estrela solitária do Botafogo brilhou mais uma vez! Com um time esfacelado, o Glorioso superou o Vitória por 1 a 0 neste domingo, no Estádio Barradão, em Salvador, e voltou a vencer no Campeonato Brasileiro, assumindo a nona colocação, com 38 pontos, sete atrás do G-4 e dez acima do Z-4.

O jogo teve seu momento mais agudo no fim do primeiro tempo. Aos 41 minutos do primeiro tempo, o árbitro Rodrigo D’Alonso Ferreira inventou um pênalti de Victor Luis em cima de Zé Love. Sorte que Sidão defendeu a cobrança de Diego Renan. Três minutos depois, após balão da defesa, Rodrigo Pimpão fez um gol estilo capoeira e pôs o Fogão na frente.

Jogadores comemoram o gol de Rodrigo Pimpão (FOTO: FotoArena)

Jogadores comemoram o gol de Rodrigo Pimpão (FOTO: FotoArena)

No segundo tempo, o Botafogo jogou fechado e conseguiu segurar bem o importantíssimo triunfo. Aos 16 minutos, o Vitória teve o principal lance de perigo: Sidão defendeu chute de Diego Renan, Kieza acertou o travessão no rebote e, na sequência, Zé Love isolou. O Fogão foi guerreiro mais uma vez e conquistou sua segunda vitória seguida fora de casa.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo vai encarar o lanterna América-MG, sábado, às 21h, no Independência, em Belo Horizonte. Antes, porém, na quarta-feira, às 21h45, também na capital mineira, o Glorioso enfrenta o Cruzeiro pela Copa do Brasil precisando reverter os 5 a 2 sofridos no jogo de ida para avançar às quartas de final.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 0 X 1 BOTAFOGO

Estádio: Barradão, em Salvador (BA)
Data-Hora: 18/09/2016 – 18h30
Árbitro: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
Renda e público: R$ 126.299,00 / 9.900 pagantes / 10.222 presentes
Cartões amarelos: Marcelo (VIT); Dudu Cearense, Victor Luis, Diogo Barbosa, Emerson Silva e Rodrigo Pimpão (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Rodrigo Pimpão 44’/1ºT (0-1)

VITÓRIA: Fernando Miguel; Diogo Mateus (Vander 35’/2ºT), Vinícius, Ramon e Diego Renan; Willian Farias, Marcelo (Serginho 32’/2ºT) e Cárdenas (David 24’/2ºT); Marinho, Zé Love e Kieza – Técnico: Argel Fucks.

BOTAFOGO: Sidão, Emerson, Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Dierson, Dudu Cearense (Rodrigo Lindoso 35’/2ºT), Diogo Barbosa e Camilo; Rodrigo Pimpão (Vinicius Tanque 47’/2ºT) e Canales (Núñez 20’/2ºT) – Técnico: Jair Ventura.

Fonte: Redação FogãoNET