Embora já trate como certa a chegada do técnico Oswaldo de Oliveira, atualmente no Botafogo, para a próxima temporada, a diretoria do Santos não fala sobre reforços ou a montagem do elenco para 2014 com o treinador. Isso deve ser conversado apenas na semana que vem, quando deve ser feito o anúncio da contratação dele pelo Peixe.

A cúpula alvinegra mantém negociação com alguns atletas, como o meia Diego, do Wolfsburg (ALE) e o atacante Vargas, que está no Grêmio, e não pedirá aprovação do novo técnico. O argumento é de que Oswaldo ou qualquer outro comandante deve se adaptar ao elenco e não o contrário.

Nesta quinta-feira, o Comitê de Gestão do Peixe se reunirá na Vila Belmiro, e o presidente em exercício Odílio Rodrigues passará detalhes das conversas com Oswaldo aos demais dirigentes. Apalavrado, o técnico assumirá o Santos mesmo caso o Botafogo consiga a classificação para a Libertadores do ano que vem.

O clube carioca também já pretendia não manter Oswaldo. O treinador ganha cerca de R$ 300 mil atualmente, e o Fogão pretende enxugar a sua folha salarial.

Nas entrevistas coletivas que concedeu recentemente, Oswaldo negou qualquer conversa com o Botafogo e com outros clubes e afirmou que está focado na briga por uma vaga na Libertadores do ano que vem. Segundo ele, o futuro será definido a partir de segunda-feira, um dia após o encerramento do Brasileirão.

A diretoria santista não atendeu aos contatos da reportagem do LANCE!Net.

Fonte: Lancenet!