Botafogo e Flamengo serão julgados pelo STJD por conta das confusões no último clássico, que terminou em 1 a 0 para os rubro-negros, no Estádio Nilton Santos. Sérgio Leal Martinez, presidente da terceira Comissão Disciplinar do STJD, comunicou o adiamento do julgamento, pelas brigas denunciadas pela procuradoria e ainda a expulsão do alvinegro Luiz Fernando.

A procuradoria do STJD recebeu ofício de André Valentim, procurador-geral do Tribunal de Justiça Desportiva, relatando que outro procurador do TJD, Rafael Martinez, que estava no estádio e descreveu agressões verbais e físicas na partida. A procuradoria entendeu que deve pedir depoimentos do procurador.

O Botafogo pode ser indiciado pelos artigos 211 e 213, inciso I. O clube foi denunciado por “atraso, não manter a infraestrutura necessária para a segurança da partida, desordens e tumulto entre membros das equipes no túnel de acesso ao vestiário.” O alvinegro poderá ser punido com a perda de 10 mandos de campo. O meia alvinegro Luiz Fernando será julgado por conduta antidesportiva, no artigo 258, correndo risco de suspensão.

Já o Flamengo irá responder por desordens e pelo tumulto no acesso ao vestiário – artigo 257.

Fonte: Rádio Tupi