Técnico explica opção por Renato no meio: ‘Precisamos mais do talento dele’

Compartilhe:

A importância da vitória no confronto com o São Paulo, domingo, no Morumbi, é grande para as pretensões do Botafogo de se classificar para a Taça Libertadores do ano que vem. Por isso, o técnico Oswaldo de Oliveira optou por manter a formação do meio-campo que iniciou a goleada por 4 a 0 sobre o Atlético-PR, no Maracanã, quando Marcelo Mattos ficou fora por suspensão, e Renato teve grande atuação na partida. Assim, o meia continua no time, e Mattos fica no banco de reservas.

– Nesse momento, precisamos que o Renato fortaleça, como fez no último jogo, na sua performance com mais agressividade na marcação. Precisamos mais do talento dele do que da entrega do Marcelo Mattos, que é absoluta e admirável o tempo todo – explicou Oswaldo.

O uruguaio Lodeiro, de volta depois de defender a sua seleção, também não recuperou seu lugar no time, e Hyuri será titular. No entanto, Oswaldo garantiu que ele atuará em parte do jogo contra o São Paulo.

– Lodeiro não vem tão bem, mas é utilíssimo e pode voltar a ser titular novamente. Ele vai jogar contra o São Paulo mesmo que parcialmente – disse o treinador.

Na defesa, Oswaldo colocou Dankler na vaga de Bolívar, suspenso. Sua única dúvida é no ataque. Nesta sexta-feira, Elias treinou pela primeira vez no campo esta semana, pois vem fazendo tratamento na coxa esquerda. Caso não jogue, Bruno Mendes será escalado.

– Ainda não sei. Elias treinou um pouco receoso. Mas acredito que vá reagir bem ao treinamento e se apresentar melhor no sábado. Essa é a minha expectativa – comentou o treinador.

Com 57 pontos, o Botafogo está na quinta colocação no Campeonato Brasileiro.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários