Uma dívida de R$ 3.593.424,60 pode se transformar em uma penhora de R$ 16.266.744,07 ao Botafogo. É o que cobra a Telefônica, representando no Brasil pela Vivo. A empresa entrou na Justiça, em ação de execução que corre desde 2010. A informação é do site “Esporte News Mundo”.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

Originalmente de 1999 para para exibição de publicidade na lateral da piscina olímpica da sede, o contrato foi estendido em 2004 até 2009, com pagamento de R$ 6 milhões em três parcelas.

Porém, por força judicial a publicidade foi retirada em novembro de 2006. Como havia uma cláusula de que “havendo impossibilidade de não mais poder veicular a publicidade pelo prazo contratado”, deveria ocorrer a devolução do valor pelo prazo remanescente não desfrutado, em dezembro de 2012 a Justiça determinou o pagamento de R$ 3.593.424,60 do clube à empresa.

Desde então, correm recursos. O Botafogo colocou dois imóveis como garantia, mas a Telefônica quer a substituição da penhora para dinheiro. O valor total de R$ 16.266.744,07 refere-se a indenização de R$ 3.593.424,60 mais a atualização por correção monetária, juros de mora de 1% ao mês a partir da citação, custas e honorários.

Fonte: Redação FogãoNET e Esporte News Mundo