A situação do Botafogo não é a das melhores no Campeonato Brasileiro. Há cinco jogos sem vencer na competição e com um aproveitamento de apenas 16,6% após a Copa do Mundo, o clube da Estrela Solitária já convive com a zona do rebaixamento em seu calcanhar.

Otimista, o presidente do Botafogo, Nelson Mufarrej, salientou que não vê o Alvinegro fazendo contas para não ser rebaixado – hoje, na 12ª colocação, o clube está a três pontos do primeiro time dentro do Z-4, que é o Vitória. Além disso, externou que o objetivo principal segue sendo a conquista de uma vaga na Libertadores do próximo ano.

– A gente, desde o início, pensa em ficar em boa colocação na tabela, inclusive conseguir a vaga na Libertadores e ainda acreditamos nesse objetivo. Quanto ao rebaixamento, temos a preocupação, como todos têm que ter. Muitos times estão juntos, lutando para vencer, mas primeiro temos que vencer os jogos em casa. A preocupação existe para todo mundo. Tenho certeza que nós não vamos ser rebaixados. Nossa equipe é boa e dedicada. Vamos corrigir o que precisa – disse Mufarrej, em entrevista à “Rádio Brasil”.

Outro ponto abordado na entrevista foi a respeito da renovação do patrocínio da Caixa Econômica, sacramentada na última quarta-feira, após o Botafogo obter a última Certidão Negativa de Débito (CND).

– Ontem (quarta) assinamos o contrato com a Caixa, integral, no qual a Caixa nos pagará em função de sempre estarmos expondo a marca deles o ano inteiro. Isso já é uma grande vitória, conseguimos solucionar as partes burocráticas, das CNDs’, e agora vamos priorizar o pagamento dos funcionários, deixando tudo em dia. Evidente que estamos sempre buscando outras receitas, não só de venda de jogador. Já sabíamos que este ano seria difícil financeiramente. Infelizmente não estamos disputando os primeiros lugares, mas vamos conseguir brigar pela Libertadores – comentou, frisando:

– Só devemos o mês de julho.

VÊM MAIS REFORÇOS?

Acertando os últimos detalhes para ser anunciado oficialmente, Erik deve ser o 11º e último reforço do Botafogo para 2018. O atacante de 24 anos será emprestado pelo Palmeiras após desvincular-se ao Atlético-MG.

O mandatário do Glorioso também falou sobre novos possíveis reforços até o fim do Campeonato Brasileiro.

– No momento, não (sobre outro nome em pauta). Tivemos a oportunidade de trazer o Erik para reforçar mais ainda o nosso elenco. Por enquanto, não temos mais nada. Vamos deixar o tempo caminhar.

Fonte: Terra e Rádio Brasil