Luis Henrique fez de cabeça o gol do Botafogo (FOTO: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)Luis Henrique fez de cabeça o gol do Botafogo (FOTO: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

O Botafogo mais uma vez não jogou bem, mas venceu. Graças ao gol de Luis Henrique no início e à trave, que evitou dois gols do adversário. Assim, o Glorioso derrotou o Resende por 1 a 0 neste sábado, no Estádio Raulino de Oliveira, e conquistou sua quarta vitória em quatro rodadas, mantendo os 100% de aproveitamento e garantindo mais um fim de semana na liderança do Grupo B.

Com três estreantes em campo – Emerson Silva, Carli e Bruno Silva -, o Botafogo abriu o placar aos 12 minutos: Luis Ricardo cruzou da direita e Luis Henrique se antecipou ao goleiro e marcou de cabeça, encerrando um jejum que durava desde setembro. Depois disso, o Glorioso recuou e levou pressão. E só não tomou a virada por causa da trave: primeiro com Kim, e depois com Robinho.

No segundo tempo, o Resende perdeu um pouco do pique e o Botafogo controlou melhor o jogo. Gegê quase ampliou aos 24 minutos, ao cobrar falta na trave, após desvio da barreira e do goleiro Arthur. No finalzinho, Leandrinho teve ótima chance, mas parou em Arthur. Agora, o técnico Ricardo Gomes terá uma semana livre para fazer ajustes até o próximo compromisso, contra a Cabofriense, domingo que vem, provavelmente em São Januário.

FICHA TÉCNICA
RESENDE 0 X 1 BOTAFOGO

Local: Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
Data-Hora: 13/2/2016 – 19h30
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Auxiliares: Daniel de Oliveira Alves Pereira (RJ) e Marcello Oliveira da Costa (RJ)
Renda e público: R$ 37.855,00 / 2.507 pagantes / 3.178 presentes
Cartões amarelos: Muriel e Baéz (RES); Luis Henrique (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Luis Henrique 12’/1ºT (0-1)

BOTAFOGO: Jefferson; Luis Ricardo, Emerson Silva, Carli e Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Gegê (Leandrinho 36’/2ºT), Lizio (Lucas Zen – Intervalo) e Núñez; Luis Henrique (Ribamar 29’/2ºT) – Técnico: Ricardo Gomes.

RESENDE: Arthur; Muriel (Yan 24’/2ºT), Marcelinho, Thiago Sales e Kim (Itacaré 36’/2ºT); Gustavo Moura (Baéz 19’/2ºT), Léo Silva, Marcel e Robinho; Wandinho e Douglas Caé – Técnico: Aílton Ferraz.

Fonte: Redação FogãoNET