Para a partida de estreia de Eduardo Barroca e do Botafogo no Campeonato Brasileiro, é provável que Erik seja deslocado para ser a referência e atuar como “falso 9”, tendo em vista que Diego Souza não poderá jogar e Kieza, contestado pela torcida, foi emprestado ao Fortaleza até dezembro. Agora, o radar está mais ligado do que nunca em busca de um novo centroavante.

Nos últimos dias, o Botafogo voltou a sondar, através de um intermediário, a situação de Santiago Tréllez, emprestado até dezembro pelo São Paulo ao Internacional – conforme informado pelo jornalista Thiago Veras, da Rádio Tupi, e confirmado pelo LANCE!. No entanto, o negócio é considerado difícil, já que há um débito do Colorado com o Tricolor, firmado no acordo.

Procurado pela nossa reportagem, Rodrigo Caetano, diretor executivo do Inter, afirmou que não houve nenhum contato do Botafogo e que o técnico Odair Hellmann tem o colombiano de 29 anos nos planos para a temporada.No fim de 2018, cabe lembrar, o Botafogo chegou a consultar o São Paulo por um possível empréstimo, porém se afastou por conta dos números do salário do jogador, vinculado ao clube paulista até dezembro de 2021.

RINCON FORA DOS PLANOS

Um nome que estava no radar da antiga comissão técnica, nos tempos de Zé Ricardo, era o de Rincon, atacante que disputou o último Campeonato Carioca pela Cabofriense. A intenção inicial era de que o jogador, que também pertencia ao Santa Cruz-RJ, fosse emprestado pelo clube da Região dos Lagos até dezembro. No entanto, a diretoria alvinegra, sem o aval de Eduardo Barroca, não deu prosseguimento às conversas pelo atleta de 24 anos, perto de acertar com outro clube brasileiro.

Por falar na idade de Rincon, o L! apurou que esta é a faixa etária tida como prioridade na busca por um centroavante para brigar por vaga com Diego Souza, estrela do elenco, e com o jovem Igor Cássio – que acumula três jogos pelos profissionais, todos nesta temporada.

Contudo, o Alvinegro, reticente com o mercado sul-americano após a frustrada aposta em Rodrigo Aguirre, deseja um atacante que já tenha bagagem em clube grande, sobretudo com o encardido Brasileiro batendo na porta. No momento, ainda não há uma negociação adiantada para o setor.

Fonte: Terra