O botafoguense Roger ganhou boas novas depois da bomba da última sexta-feira, quando ficou diagnosticado que ele tem um tumor no rim direito. Ao longo do fim de semana, o atacante ouviu que o cisto é pequeno, com tamanho variando entre dois e três centímetros, e foi descoberto em fase inicial.

Isso só foi possível porque Roger reclamava de dores no outro rim, o esquerdo, e passou por exames de rotina. Constatou-se que ele tinha uma pedra nesse rim e, ao mesmo tempo, um tumor dentro do outro.

De acordo com os médicos que acompanham Roger, a cirurgia será simples, para a retirada integral do tumor, e não deverá durar mais do que 40 minutos. As boas notícias não param por aí: é possível que sua recuperação esteja completa em 30 dias.

O botafoguense, de 32 anos, tem esperança de voltar a correr ainda neste ano, para estar totalmente liberado para participar da pré-temporada do time a partir de janeiro do ano que vem – o Brasileirão termina em 3 de dezembro e no dia seguinte já começam as férias do elenco alvinegro.

A confirmação da cirurgia causou comoção nacional e, ao mesmo tempo, levou milhares de pessoas a desejarem boa recuperação ao jogador. Roger vive, de longe, o melhor momento da carreira. Ele conseguiu ser pela primeira vez titular absoluto em um dos grandes do país e alcançou a marca de 17 gols em 2017.

Fonte: Blog do Jorge Nicola - Yahoo! Esportes