Em entrevista à Rádio Globo, o meia-atacante chileno Leo Valencia abriu o jogo pela primeira vez após sua apresentação em agosto e abordou vários temas como adaptação ao Brasil, relação com Jair, jejum de gol e seleção.

– Chegou outra proposta para sair, mas sempre fiquei com a cabeça boa, mente forte. Sei que vou me sair bem no Botafogo, fazer meu nome. Estou muito feliz. Tenho contrato de três anos, respeito muito o Botafogo e quero sair bem. Quero ficar, dar meu melhor pelo Botafogo. Preciso jogar e ter confiança. Respeito a instituição e sou muito agradecido.

– Precisava ter confiança, jogador com confiança é muito diferente. Trabalhar para melhorar dia a dia. Precisava de uma pré-temporada também. Não foi fácil chegar e jogar ano passado. Estou muito feliz agora, tranquilo, com confiança dada pelo Felipe. Trabalhar, melhorar e ajudar o meu time.

– Jogo por toda a frente, atacante, volante, como estou jogando agora. Se Felipe precisar que eu jogue, vou jogar. Tenho que ajudar estando dentro ou fora de campo. Hoje graças a Deus estou jogando, vou seguir trabalhando. Tenho certeza que vai dar tudo certo.

– Cheguei na metade do ano, time na Libertadores e Copa do Brasil, não era fácil chegar e jogar. Tinha jogadores que ele confiava. Eu ia para a seleção e voltava, cortou um pouco a mecânica de jogo. Sempre tive uma relação boa com o Jair, trabalhei bem. Voltei da seleção machucado, mas quis retornar rápido.

– Fiquei no Botafogo porque tenho certeza que vai dar certo, vou fazer o meu nome. Vou lutar e trabalhar para isso.

– Preciso desse momento (gol), sonho com isso. Sempre fiz gols nos times que joguei, muitos. Preciso desse momento, mas sei que vai chegar. Fazer o primeiro gol é o mais difícil. Estou trabalhando, depois vão sair muitos outros.

– Graças a Deus vim para o Botafogo, sou muito grato a todos aqui e à torcida. Aqui temos pessoas muito boas para trabalhar e ajudar em todo momento. Tenho que trabalhar para dar muitas alegrias ao Botafogo. Quero fazer meu nome, vou lutar por isso.

Fonte: Rádio Globo