Um dos jogadores mais importantes da temporada do Botafogo, William Arão não participou da festa do elenco antes da partida contra o América Mineiro. O volante nem foi ao Nílton Santos. Mesmo assim, motivou muitas vaias dos torcedores antes, durante e depois do jogo. Tudo por causa da polêmica quanto a renovação do seu contrato para a temporada que vem.

O Botafogo depositou na conta do jogador o valor que consta em contrato para permanecer com ele até 2017. Porém, o volante, que conversa para reforçar o Flamengo em 2016, não aceitou o pagamento e devolveu o dinheiro. Com o imbróglio, o caso pode ir à Justiça.

Outro jogador fundamental para o técnico Ricardo Gomes pode seguir em General Severiano com menos dor de cabeça. Neílton foi emprestado pelo Cruzeiro e é de interesse do Alvinegro renovar o empréstimo. Inicialmente, o clube mineiro estaria disposto a aproveitá-lo ano que vem. Entretanto, isso começou a mudar. Até porque o técnico Mano Menezes estaria de olho no atacante Henrique, que pertence ao Botafogo e esteve emprestado este ano ao Coritiba. Uma transação cruzada pode se desenhar a partir daí.

A prioridade dos dirigentes, no entanto, é confirmar o quanto antes a permanência do treinador alvinegro para o ano que vem. A tendência é que a diretoria se reúna com Ricardo Gomes a partir dessa semana para oficializar a manutenção da comissão técnica. Em seguida, o time deve iniciar a montagem do elenco para a Série A.

Fonte: Extra Online