Há cinco jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Botafogo entrará pressionado para vencer o Corinthians neste domingo, pela 32ª rodada. E Zé Ricardo está ciente da necessidade de vencer, pela fase ruim da equipe e de si próprio, o que foi admitido em entrevista coletiva nesta sexta, antes do treino.

– Sem dúvida nenhuma. Estou encarando com a responsabilidade que traz o cargo. Não imaginávamos que sempre teríamos fatores positivos. Eu vejo isso como parte do aprendizado, mas querendo sair da situação o mais rápido possível – comentou Zé Ricardo.

O treinador, no início da coletiva, destacou a importância da presença da torcida no Niltão. Para catapultar a ida dos botafoguenses, a diretoria alvinegra, cabe lembrar, pôs uma promoção de ingressos a partir de R$ 2,50 – até a noite da última quinta, 5 mil ingressos tinham sido vendidos.

– Momento como esse, o apoio de todos é super importante. Jogos com estádio mais cheio foram especiais, tanto o Nacional-PAR e o Bahia conseguimos duas vitórias. Qualquer atleta gosta, é uma energia diferente. Esperamos que torcida possa nos empurrar até o final – comentou o treinador.

Antes de aplicar o treino no campo anexo do Nilton Santos, aberto à imprensa somente nos primeiros 15 minutos, Zé Ricardo também salientou a volta de Gatito Fernández, destacando como “importantíssima”. Além disso, não confirmou a presença de Kieza, que teve uma tendinite no tendão de Aquiles.

O confronto entre Botafogo e Corinthians ocorrerá às 17h (de Brasília) deste domingo, sendo que, no sábado, o clube abrirá as portas de seu estádio para a torcida acompanhar o treino aberto.

Fonte: Terra