O Botafogo pode se deparar com problemas para Zé Ricardo escalar a equipe para os próximos jogos do Campeonato Brasileiro. Isso porque, a Quarta Comissão Disciplinar julgará, nesta sexta-feira, Aguirre e Moisés. Expulso contra o Flamengo, pela 14ª rodada, o uruguaio responderá por jogada violenta, enquanto o lateral-esquerdo será julgado por pisão em Matheus Sávio. A sessão iniciará às 10h, no plenário no STJD, no Centro do Rio.

Flamengo e Botafogo se enfrentaram no dia 21 de julho, no Maracanã. Na súmula o árbitro informou a expulsão de Aguirre nos acréscimos do segundo tempo por jogada violenta ao atingir o Pará com um carrinho, já nos minutos finais da partida – vencida pelo Rubro-Negro por 2 a 0.

– Expulso com cartão vermelho direto por atingir com as travas da chuteira a perna de seu adversário n°21 Sr. Marcos Rogério Ricci Lopes, utilizando de força excessiva na disputa da bola – relatou o árbitro Luiz Flávio Oliveira.

Aos 23 minutos do segundo tempo um lance não foi visto pela arbitragem, mas foi denunciado pela Procuradoria da Justiça Desportiva. O lateral-esquerdo Moisés fez falta empurrando Matheus Sávio. O meia do Flamengo caiu, e Moisés, de acordo com o citado pelo STJD, pisou nas costas do adversário.

CENÁRIOS

Após análise da súmula e vídeos da partida, a Procuradoria denunciou Aguirre por jogada violenta prevista no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva que tem como punição a suspensão de uma a seis partidas. A situação de Moisés é um pouco mais delicada. O lateral alvinegro responderá por praticar agressão física que consta no artigo 254-A do CBJD e tem como pena a suspensão mínima por quatro partidas podendo chegar até 12 jogos.

Fonte: Terra