Com a saída de Erik e o problema físico de Biro Biro, o técnico Eduardo Barroca já pediu para a diretoria do Botafogo correr atrás da reposição para a sequência da temporada. Mas, enquanto isso, o treinador alvinegro olha para as categorias de base. Rhuan, de 19 anos, camisa 10 da equipe sub-20 do Fogão, foi integrado em definitivo ao time profissional e deve ser utilizado com mais frequência daqui para a frente.

Como não está inscrito na Copa Sul-Americana, Rhuan foi liberado para atuar no clássico de quarta-feira contra o Flamengo, no CEFAT, pelo Campeonato Brasileiro Sub-20. Mas, para a rodada seguinte do Campeonato Brasileiro de profissionais, domingo, contra o Avaí, Rhuan deve ficar à disposição do treinador.

– O Biro Biro nos ajudaria, vinha treinando bem, depois aconteceu aquilo tudo, vamos ter que ir ao mercado mesmo diante do cenário financeiro do clube, porque ficamos com uma escassez de opções. A partir de sexta já incentivei o Rhuan a ficar no profissional, vou liberar ele pra jogar o clássico de quarta-feira, já que ele não pode jogar a Sul-Americana, e na quinta ele já sobe de imediato. É dessa forma que eu vou trabalhar, com uma solução interna – afirmou Barroca.

Rhuan é o artilheiro do Botafogo no Campeonato Brasileiro Sub-20, com três gols, e no Campeonato Carioca Sub-20, com oito. Ele fez um dos gols da vitória de virada sobre o Athletico-PR por 2 a 1, fora de casa, pela competição nacional.

Fonte: Redação FogãoNET