Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 00:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Alberto Valentim se considera injustiçado com saída em Botafogo e Vasco: ‘Trabalhos estavam excepcionais’

44 comentários

Compartilhe

Alberto Valentim - Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Técnico recentemente demitido de Botafogo e Vasco, Alberto Valentim acredita ter sido injustiçado nos clubes. Para o treinador, os trabalhos “estavam excepcionais” até terem sido interrompidos. Ele deu entrevista ao programa “Nossa Área”, da Rádio Bandeirantes, nesta semana

Primeiramente, Valentim falou do Botafogo, do qual foi desligado em fevereiro.

– Fico extremamente triste com a situação do Botafogo, estava se desenhando lá atrás o rebaixamento, e fico muito triste com o que fizeram comigo. Todo mundo sabe das dificuldades financeiras e o dia a dia para trabalhar. Batalhamos muito para não cair em 2019, conseguimos, fizemos planejamento em dezembro para o ano, dando tempo para pré-temporada, sacrificando um pouco o início de acordo com toda a diretoria, começando dois jogos com time alternativo. Começo o trabalho com três vitórias, um empate contra o Caxias, passamos de fase, perco um clássico na Copa do Brasil e sou mandado embora no mesmo dia. E o planejamento, o que estava sendo feito, jogos, tudo jogado fora – criticou.

– Veio Paulo Autuori, perfil totalmente diferente, não conseguiu fazer nada diferente, em relação a escalações, jogadores e resultados. Como mandam um treinador embora assim se falam tanto em projeto? Quando o Botafogo acaba perdendo Anderson Barros, falei que era uma enorme perda. O que ele fazia no Botafogo ninguém acredita, tinha confiança de todo mundo do campo. Chego no Botafogo, no Carioca (2018), time extremamente ferido, após um 3 a 1 para o Flamengo e eliminação para a Aparecidense, perdendo receita da Copa do Brasil. Chegamos e fomos campeões. Depois, na volta, com a dificuldade para permanecer na Série A, dificuldades financeiras, se tratando de um grande clube que é o Botafogo – afirmou Valentim.

O treinador também comentou sobre a passagem no Vasco, outro rebaixado para a Série B no Campeonato Brasileiro.

– No próprio Vasco, peguem meu elenco e o do Flamengo, fortíssimo. Cheguei na mesma situação, para não cair, conseguimos, ficamos invictos por 14 jogos, fui campeão 100% da Taça Guanabara, cheguei em três finais no Campeonato Carioca e fui mandado embora porque perdi um clássico de 2 a 0. Não fui nem para a coletiva. Fico um sentimento de tristeza, de não entender. Botafogo e Vasco podem trazer treinador de fora, para ver se vai resolver a situação. Fiquei extremamente triste e desapontado, os trabalhos estavam excepcionais e fui tratado como se não tivesse ganho nada, não tivesse nenhuma boa atuação – reclamou.

Atualmente sem clube, Alberto Valentim planeja voltar a comandar uma equipe em 2021.

– Estou doido para voltar. Se Deus quiser quando os campeonatos começarem vai aparecer alguma coisa bem legal para eu voltar a trabalhar. Fazer o meu trabalho é o que amo e não consigo viver sem – completou.

Fonte: Redação FogãoNET e Rádio Bandeirantes

Comentários