Aliados na política os dois líderes do poder executivo do Rio de Janeiro estarão em lados diferentes neste domingo, às 16h, quando bola rolar entre Botafogo e Vasco, na final do Campeonato Carioca, no Maracanã. Mesmo compenetrados em suas atarefadas rotinas, o alvinegro e governador Luiz Fernando Pezão e o vascaíno e prefeito Eduardo Paes encontram uma pequena becha em suas agendas para darem seus paltites antes da decisão.

Prefeito Eduardo Paes aposta em fim do jejum do Vasco

Foto:  Bruno de Lima

Único vascaíno em meio a uma família de torcedores tricolores, Eduardo Paes abriu seu gabinete para falar sobre sua paixão pelo clube da cruz de malta. Esbanjando confiança, após a vitória do Vasco por 1 a 0, no primeiro jogo da decisão, o prefeito não titubeou ao falar sobre a chance de conquistar o título após um jejum de 12 anos.

“Tenho certeza que o Vasco será campeão, o respeito voltou!”, afirmou Eduardo Paes, que apostou em um placar modesto hoje, no Maracanã: “Vai ser 1 a 0. Gol do Bernardo, em homenagem ao meu filho”, disse o prefeito, pai de Bernando Paes, 10 anos.

O governador, por sua vez, não pôde atender pessoalmente a equipe de O DIA. No entanto, ele não deixou de declarar o seu amor pelo Botafogo. Pregando a cautela, Luiz Fernando Pezão espera que o time alvinegro faça um bom jogo e quebre uma escrita que vem assombrando os governadores do Rio nos últimos anos.

Pezão é torcedor do Glorioso

Foto:  Shana Reis

“Torço para que o Botafogo ganhe do Vasco e desfaça de uma vez por todas a maldição que persegue os governadores do Rio de Janeiro. O Sérgio Cabral, vascaíno, viu o seu time cair duas vezes para a segunda divisão do Brasileiro. Eu vi o Botafogo cair uma vez depois que eu assumi o governo. Agora, está na hora de quebrar essa maldição”, brincou o govenador.

A derrota no primeiro jogo da decisão, entretanto, não abalou a confiança do chefe de Estado. Para Luiz Fernando Pezão, o time alvinegro mostrou que tem qualidade durante todo o campeonato e na decisão não será diferente. “O placar será de 3 a 1 para o Botafogo”, apostou Pezão.

Fonte: O Dia Online