Alívio. Essa foi a sensação do Botafogo na manhã desta terça-feira (03), após a vitória do Vasco por 1 a 0 sobre o Cruzeiro na última segunda-feira, que garantiu a permanência do Glorioso na Série do Brasileirão em 2020. Na entrevista coletiva, os laterais Marcinho (direito) e Yuri (esquerdo) falaram sobre sensação de ajudarem a manter o clube na elite.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

“Acho que posso definir como alívio. Lutamos muito e acho que merecemos. Não foi pela gente, mas por outros resultados. Conseguimos a tranquilidade com duas rodadas de antecedência para fazer um jogo mais leve contra o Atlético-MG, que também vale vaga na Sul-Americana.” – destacou Marcinho.

“A permanência foi importantíssima agora, porque podemos jogar os próximos dois jogos mais soltos. Encaramos todos os jogos até agora como finais. Jogávamos bem, mas os resultados não vinham. Conseguimos ir bem contra Corinthians e Chapecoense, agora é manter a pegada para esses dois jogos.” – disse Yuri.

Nesta quarta, o Botafogo volta a campo para enfrentar o Atlético-MG, adversário direto na busca por uma vaga na Copa Sul-Americana.

“Vale muito. Isso traz dinheiro e é importante para o clube. Importante para a torcida ter pelo que brigar. É de bastante valor uma boa classificação e almejar coisas maiores” – destacou o lateral-direito.

“Importantíssimo para nós e para clube, principalmente. Também para a torcida, que nos apoiou esses jogos em casa. Um clube que estava brigando para não cair, terminar o ano na Sul-Americana é para exaltar. Um presente para a torcida e para nós.” – frisou Yuri.

Fonte: Rádio Tupi