Está definida a renovação do goleiro Jailson com o Palmeiras até o fim de 2018, com novo contrato assinado até a próxima terça-feira. Mas o titular na campanha do nono título brasileiro teve a chance de pular o muro da Academia de Futebol rumo a um rival e figurar em outros clubes grandes do país: São Paulo, Grêmio e Botafogo.

Em meio à disputa do título brasileiro, Jailson recebeu sondagens para jogar no rival São Paulo a partir de 2017. Além do Tricolor paulista, o Grêmio (que corre o risco de perder o goleiro Marcelo Grohe, hoje na seleção brasileira de Tite) e o Botafogo (que não contará com Sidão para 2017) entraram em contato com representantes do arqueiro para saber de detalhes da sua condição contratual.

“É normal essa movimentação de mercado quando chega o fim do ano. Ainda mais com ele, que era um jogador em fim de contrato, considerado barato e que demonstrou dar contra do recado”, explica uma pessoa próxima ao palmeirense Jailson.

As conversas nem sequer foram abertas pelo Palmeiras ter prioridade total nas negociações com o goleiro. Isso fez o São Paulo fechar com Sidão para a próxima temporada e o Botafogo contratou Gatito Fernández, do Figueirense.

Fonte: Diário de São Paulo