Lanterna do Campeonato Brasileiro com 14 pontos, o Paraná anunciou nesta terça-feira que chegou a um comum acordo para desligar o técnico Rogério Micale do comando do clube.

“A decisão é pelo bem do clube. Saio chateado por não ter conseguido os resultados, mas na certeza de ter feito um bom trabalho”, disse Micale, que comandou o tricolor do Paraná por 24 jogos com um aproveitamento de 38,8%.

“Nossos números, de uma forma geral, não são ruins. Na grande maioria dos jogos, tivemos posse de bola, troca de passes, finalizações. Mas, sei que futebol, no final, se resume a bola na rede. Por isso, decidimos, em comum acordo, por antecipar o fim do vínculo”, explicou Micale.

Não foi uma mudança simples. Conversamos muito durante todo o dia e, em conjunto, decidimos que esta é a hora de uma troca, pensando acima de tudo no clube. Mas, por tudo o que fez, o Micale terá sempre o nosso respeito e portas abertas no Paraná Clube”, concluiu o presidente Leonardo de Oliveira.

Essa é a 19ª troca de técnico neste Brasileiro.

O número de troca de treinadores é maior do que o número de rodadas realizadas até agora no campeonato: 18. Veja abaixo todos os técnicos que saíram dos times, seja por demissão, vontade própria ou comum acordo, neste Brasileiro:

Sport: Nelsinho Baptista e Claudinei Oliveira

Ceará: Marcelo Chamusca e Jorginho

Corinthians: Fabio Carille

Vasco: Zé Ricardo e Jorginho

Bahia: Guto Ferreira

Fluminense: Abel Braga

América-MG: Enderson Moreira e Ricardo Drubscky

Botafogo: Alberto Valentim e Marcos Paquetá

Atlético-PR: Fernando Diniz

Santos: Jair Ventura

Palmeiras: Roger Machado

Vitória: Vágner Mancini

Chapecoense: Gilson Kleina

Paraná: Rogério Micale

Fonte: ESPN Brasil