Nesta quarta-feira, dois jogadores do Botafogo estiveram presentes na sede do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD): Alex Santana e Jean, ambos expulsos na partida de volta contra o Juventude, pela Copa do Brasil, na qual o Alvinegro foi eliminado pela terceira fase.

Alex Santana foi advertido, enquanto Jean foi absolvido. Com isso, a dupla de volantes está liberada para entrar em campo neste domingo, quando o Botafogo visita o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro – caso os dois pegassem gancho de jogos, teriam que cumprir na competição nacional, também organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Como estavam no tribunal, Alex Santana e Jean, denunciados no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por “praticar jogada violenta”, não treinaram nesta quarta, assim como Bochecha, que foi dar a sua versão sobre o episódio de racismo, também ocorrido no confronto em Caxias do Sul.

No treino desta quarta, cabe destacar, o técnico Eduardo Barroca pôde contar novamente com João Paulo – poupado do clássico contra o Fluminense em função de dores musculares – sem limitações durante a atividade.

Fonte: Terra