Luis Henrique já tem uma nova casa. Revelado pelo Botafogo e com breve passagem pelo Atlético-PR, o atacante defenderá o Feirense-POR. O jovem atacante está em Portugal para realizar exames médicos e assinar com o novo clube.

Ele ficou livre no mercado após o Botafogo optar por não trazê-lo de volta ao elenco após rescisão com o Atlético-PR. Se fizesse, teria um ano de contrato e salário de R$ 80 mil.

O salário é praticamente o mesmo que ele receberá no Feirense-POR – R$ 70 mil. O clube português colocou uma multa de 15 milhões de euros (aproximadamente R$ 56,5 milhões).

Apesar de não ter mais nenhum percentual nos direitos econômicos, o Botafogo pode lucrar em caso de venda futura, já que foi um dos clubes formadores na carreira do atleta, agora agenciado pelo ex-jogador Sávio.

Luis Henrique surgiu no Botafogo com 16 anos e marcou dois gols em sua estreia. Ganhou status de joia e assumiu a titularidade em 2015. Como todo jovem, oscilou e perdeu espaço.

O Botafogo quis que ele voltasse ao sub-20, o que foi recusado pelo jogador. Com o contrato acabando, o Alvinegro fez um acordo com o Atlético-PR, que levou o jogador, mas manteve 35% dos direitos econômicos com os cariocas.

O mesmo ocorreu no Atlético-PR, onde ficou apenas seis meses. Em Curitiba, não marcou um gol sequer. Pior que isso, perdeu uma penalidade onde quis bater de ‘cavadinha’.  A situação com a torcida ficou tão ruim que chegou a pedir desculpas na semana seguinte. Ele não atua desde 23 de abril, em partida da semifinal do Paranense.

Fonte: UOL