Após a publicação da reportagem “Teste: Em 24 horas, 2/3 da elite ignoram sócio-torcedor”, na última terça-feira, o Botafogo entrou em contato com o ESPN.com.br para justificar o não-envio de resposta à solicitação feita na matéria.

Segundo o clube carioca, a reportagem deveria ter passado por mais uma etapa do processo para que a mensagem fosse de fato enviada ao programa de sócio-torcedor. Essa ativação deveria ser feita por um e-mail automaticamente enviado pelo Botafogo, mas a mensagem caiu na caixa de spam do endereço usado pela reportagem (Gmail), e, portanto, não foi localizada.

Logo, o Botafogo não chegou nem a receber a solicitação do ESPN.com.br, e, portanto, não pôde enviar resposta.

Veja a nota enviada pelo Botafogo:

Através da sua Assessoria de Imprensa o Botafogo FR informa que:

“O Botafogo de Futebol e Regatas esclarece à ESPN.com.br que a equipe de apuração da reportagem não concluiu todas as etapas do processo de envio da mensagem e, por isso, não obteve resposta.

Sempre que um torcedor ou sócio faz um contato pela primeira vez, o site do Programa Sou Botafogo exibe uma notificação, informando: “Sua solicitação ainda não foi enviada. Verifique seu e-mail para confirmar e enviar sua solicitação”.

É enviado um e-mail com as orientações para habilitar seu cadastro na Central de Ajuda do programa e a partir disto a solicitação entra na fila de atendimento. Em seguida, passa a acompanhar o andamento da solicitação.

Como o envio foi incompleto, a mensagem sequer foi disponibilizada para a equipe do Programa Sou Botafogo iniciar o atendimento.

O Botafogo de Futebol e Regatas enxerga o seu torcedor como prioridade e não medirá esforços para atendê-lo da melhor forma.

Fonte: ESPN.com.br