Depois de mais de uma hora de debate na sede da FERJ, nesta terça-feira, com os clubes da Série A do Campeonato Carioca, a respeito do Projeto de Lei Transformação em Clube Empresa, foi redigido uma posição do Futebol do Rio:

“Que o futebol necessita de ajustes isso é inquestionável. Entretanto, sua importante representação social, econômica e laborativa sinaliza que decisões sobre o futuro não devem prescindir de um amplo debate técnico e com extrema cautela antes de qualquer mudança, para que os impactos não se constituam na tradicional pior emenda do que o soneto. Entendemos que o PL apresenta algumas imperfeições que necessitam de mais tempo para um melhor exame e amplo debate”.

Fonte: Site da Ferj