Para o Botafogo, a partida contra o Nacional (URU) era o primeiro passo para tentar avançar rumo às quartas de final da Libertadores. Para o lateral-direito Arnaldo, era o primeiro jogo fora do país. Um momento de emoção para um atleta que rapidamente chegou e assumiu a posição.

Ex-pedreiro, o jogador botafoguense não escondeu os sentimentos que teve com o clima de sua primeira partida no exterior como profissional. O que ajudou Arnaldo a manter-se focado no jogo, que acabou com vitória do Fogão por 1 a 0.

“Foi emocionante né? Uma adrenalina a mais. Ali jogando a gente esquece um pouco a torcida e fica mais focado dentro de campo. O Botafogo foi muito feliz, se comportou bem, com raça e determinação. Agora é buscar em casa a classificação para as quartas”, disse Arnaldo ao Globoesporte.com

Nas redes sociais, o lateral-direito colocou uma mensagem com os dizeres “Um dos dias mais felizes de minha vida. Jamais esquecerei este dia!” E analisando todo o jogo e o resultado, Arnaldo não irá esquecer de maneira alguma a partida contra o Nacional;

“Não mudaria nada, foi bom demais o jogo em si. A minha atuação, acho que me comportei bem também, assim como toda a equipe. Não só a defesa, o time inteiro ajudou muito e se doa na marcação. O Botafogo é copeiro, como vocês já viram”, comentou.

Fonte: Torcedores e Globoesporte.com