Os seis meses parado para tratar uma grave lesão no joelho esquerdo mudaram a cabeça de Sassá. Artilheiro do Botafogo no Campeonato Brasileiro, com cinco gols, ele se tornou um dos jogadores mais importantes do elenco, e encara de outra maneira esta volta por cima.

— Com a lesão, aprendi a ser um pouco mais profissional e a levar minha carreira a sério — admite o atacante: — Estou dedicado à minha recuperação, a me alimentar bem e a descansar para ter uma sequência neste ano.

Apesar de o time ter sido derrotado pelo Atlético-MG por 5 a 3, na quinta-feira, a partida foi positiva para Sassá — de pênalti, o atacante marcou o dele. O jovem de 22 anos lamentou as falhas que permitiram a construção do placar adversário, mas aprovou a atuação do time:

— Batalhamos e tivemos chances de igualar o placar no segundo tempo. Acho que fizemos um grande jogo.

Sassá é uma das alternativas para o lugar de Ribamar na partida de domingo, contra o Santa Cruz, em Juiz de Fora. A outra opção é Rodrigo Pimpão, que fez sua reestreia pelo clube contra o Galo, mas quase não apareceu em campo. O volante Airton e o zagueiro Carli ainda serão avaliados pelos médicos alvinegros.

Fonte: Extra Online