O treino em General Severiano, na tarde desta terça-feira (29), não esclareceu as dúvidas que pairam sobre a escalação para a partida de amanhã contra o Volta Redonda.

A atividade se resultou apenas em treino de finalizações. Não houve trabalho tático ou técnico. Isso pode ser visto pela análise da partida contra o Vasco, onde o Glorioso dominou boa parte da partida, mas não conseguiu transformar a sua superioridade em chances de gols.

Os desfalques certos já são Airton, que recebeu o terceiro cartão amarelo, pode ser substituído por Fernandes e o jovem zagueiro Emerson, com lesão na coxa, que pode ceder lugar a Joel Carli ou Emerson Silva. Há a possibilidade também de Neilton entrar no lugar de Gegê e fazer a dupla de ataque com Ribamar, mas, esta, seria apenas opção tática.

O meia Rodrigo Lindoso também foi poupado da atividade, mas não preocupa. Em exames, foram diagnosticados altos níveis de enzimas que detectam os indícios de fadiga muscular. Perguntado sobre o artilheiro do Cariocão, Tiago Amaral, ele foi direto ao comentar sobre o atacante do Volta Redonda.

“Todo jogador que vem se destacando, temos que ter uma atenção maior, mas não pra fazer marcação especial. Temos que nos preocupar com o Volta Redonda no geral. Vamos focar no coletivo, fazer uma marcação forte e poder fazer os gols”.

O Botafogo entra em campo na próxima quarta-feira (30), diante do Volta Redonda, às 19h30, em São Januário, pela quarta rodada da Taça Guanabara. Se tratando de um confronto direto, já que o adversário segue com 6 pontos na segunda colocação, o Alvinegro precisa da vitória de qualquer maneira.

Fonte: Super Rádio Tupi