Após a vitória sobre o Atletico Nacional, o técnico Jair Ventura fez questão de frisar que este jogo teve todas as dificuldades com as quais o Botafogo está acostumado. E listou algumas.

A primeira foi a falta de um lateral-direito, agrura que já acompanha o time há um mês e meio.

— Quando vencemos, como na quinta-feira, esse tipo de coisa não aparece. Mas é uma das coisas com as quais nós temos que lidar — disse.

Além disso, o time não teve um zagueiro sequer à disposição no banco de reservas. Emerson Silva está se recuperando de lesão e Marcelo estava suspenso. Felizmente, Carli e Rabelo, que foram os titulares, deram conta do recado.

Além de Emerson, o meia Montillo também desfalcou o time, pois se recupera de lesão na coxa direita. As lesões, como em boa parte da temporada, dificultaram o trabalho do Alvinegro.

Outro desfalque se deu por suspensão: o volante Airton não pôde jogar em função do terceiro cartão amarelo. O substituto, Rodrigo Lindoso, também correspondeu.

Por último, outro problema era a ausência de Sassá, que foi afastado do grupo e tomou boa parte da atenção da torcida — que chegou a hostilizá-lo no Engenhão. O time não teve à disposição seu artilheiro da temporada.

Todos esses obstáculos apenas tornam o feito Alvinegro ainda maior.

Fonte: Extra Online