Rafael Oliveira estava pronto para estrear pelo Botafogo nesta sexta-feira após o clube resolver com o Santa Rita/AL, que detém seus direitos, o imbróglio sobre o valor da cláusula de compra ao fim do empréstimo. Os alagoanos, porém, pediram a inclusão de outra cláusula, e o atacante não assinou a tempo de ser regularizado na CBF – segundo o jornal ‘Extra’.

O contrato só foi assinado na manhã desta sexta, e para jogar contra o Sampaio Corrêa ele deveria estar com o nome constando no BID da CBF até a noite de quinta. Rafael assinou até o fim do ano, e o Glorioso pode comprá-lo ao fim do período pelo valor de R$1,2 milhões.

O centroavante chega para substituir Bill, que vinha sendo muito criticado pela torcida e pediu para sair alegando problemas pessoais. Rafael se destacou enfrentando o Bota pela Copa do Brasil, defendendo o xará Botafogo/PB, pelo qual vinha disputando a Série C do Campeonato Brasileiro. Quem vai a campo no Engenhão como camisa 9 titular de René Simões é o jovem Luís Henrique, de apenas 17 anos.

Fonte: FutNet