Eduardo Barroca não gostou do empate em 0 a 0 com a Chapecoense, nesta segunda-feira, no Estádio Nilton Santos, mas elogiou o Botafogo. O treinador citou o forte esquema defensivo montado pelo rival como um dos fatores para o time alvinegro não vencer.

Ele viu pontos positivos na sua equipe.

– A gente enfrentou equipe que jogou com duas linhas de quatro bem compactadas e que não abriu as costas em nenhum momento. Você precisa de soluções próximas ao gol ou geralmente quando está pressionado. O Botafogo, mesmo com dificuldade, criou várias chances. No primeiro tempo, um pouco menos, mas mesmo assim tivemos cabeçada do Diego Souza e um cruzamento do Luiz Fernando. Tivemos dificuldades no meio das duas linhas de quatro, faltou ordem para atacar a última linha com maior clareza – afirmou Barroca, em trecho reproduzido pelo site “Globoesporte.com”.

– No segundo tempo, tivemos chances mais claras. Tivemos a bola na trave do Alex, outra dele no fim do jogo e duas do Diego Souza, uma em que ele chutou por baixo, e a outra no fim. Mas foi insuficiente. O resultado não nos agrada. Cabe a gente tentar se desenvolver, porque faltam três jogos nesse final de ciclo. Dentro das metas que colocamos, a pontuação que colocamos é factível de atingir. o Botafogo está fazendo campeonato digno, mas temos que virar a chave e se preparar para enfrentar o Inter – cobra o treinador.

Fonte: Redação FogãoNET e Globoesporte.com