O técnico Eduardo Barroca é um dos principais responsáveis pela evolução do Botafogo dentro da temporada de 2019. Antes da chegada do jovem treinador, o Botafogo sofria sem um padrão de jogo definido. Os resultados ruins acarretaram nas eliminações precoces na Copa do Brasil, Campeonato Carioca e na demissão do então técnico Zé Ricardo.

De lá pra cá, os problemas internos envolvendo os recorrentes atrasos de salários só aumentaram, mas Barroca conseguiu realizar uma blindagem para que o elenco focasse só no campo e bola. Atualmente, em franca ascendência, o glorioso ocupa a sétima colocação no Brasileirão e visa a terceira vitória consecutiva na competição diante do Corinthians, em São Paulo. Em entrevista concedida na véspera da partida, Barroca falou sobre a evolução da equipe e afirmou que o glorioso irá enfrentar dificuldades para enfrentar o Corinthians em Itaquera.

“Acho que dá uma confiança muito grande, mas já falei antes que trabalhamos nesse segundo ciclo com uma meta clara de pelo menos igualar a pontuação do primeiro ciclo. Temos cinco jogos e precisamos de mais oito pontos. Uma meta audaciosa, temos que trabalhar na nossa plenitude. Temos dificuldades nesse jogo com o Corinthians, o time um pouco descaracterizado. Carli, Alex Santana, Alan Santos, Jean. Mas tenho confiança muito grande em todos do grupo. Tenho confiança que podemos fazer grande jogo. Gostaria que ele pressionasse durante os 90 minutos, que faça gols todos os jogos, quero plenitude dele”, afirmou.

Fonte: Super Rádio Tupi