Flamengo e Botafogo fizeram um jogo cheio de emoção nesta quinta-feira, na Arena Carioca 1, pela semifinal da Copa Super 8, torneio que reúne os oito melhores times do primeiro turno do NBB e dá vaga para a Liga das Américas. O resultado acabou sendo melhor para os rubro-negros, que venceram por 99 a 88 e garantiram uma vaga na final da competição.

O grande destaque do clássico carioca foi o pivô Anderson Varejão. Em 27 minutos em quadra, o ex-NBA anotou 22 pontos em um aproveitamento muito eficiente nos arremessos, combinados com cinco rebotes e uma assistência.

Agora, o Flamengo irá enfrentar a equipe do Franca, que venceu o Paulistano na última quarta-feira, na grande decisão da Copa Super 8. A final será disputada às 14h00 (horário de Brasília) deste sábado, no Ginásio Pedrocão, casa do time do interior paulista.

O jogo

Em uma Arena Carioca 1 com torcida única do Flamengo, a partida começou com muitas alternâncias na liderança. O Fla, no entanto, logo tomou as rédeas do placar, graças às boas atuações ofensivas de Anderson Varejão e Olivinha, decisivo nas bolas de três.

Com o andamento do período, o Botafogo foi melhorando e o arremesso alvinegro passou a cair. Apesar dos rivais terem encostado no marcador, os mandantes voltaram a exercer superioridade no duelo e o primeiro quarto terminou em 28 a 19 para os donos da casa.

Na rodada seguinte, o início de período foi diferente do anterior. Os dois times sentiam dificuldades em anotar cestas e o placar não se alterou muito – no entanto, pouco depois, tal panorama se alterou. A ótima performance de Mogi ajudou os visitantes, que foram melhores na reta final do primeiro tempo e direcionaram-se ao intervalo somente quatro pontos atrás no marcador.

O terceiro quarto viu o Botafogo começar a todo vapor, mantendo o bom momento. Na medida do possível, o Flamengo respondia, o que deixou o jogo “lá e cá”. Foi aí que a estrela de Anderson Varejão brilhou: muito eficiente, o pivô coroou o bom desempenho com uma cesta seguida de falta e, na jogada seguinte, uma forte cravada para levantar a Arena Carioca.

Mogi seguia tendo boa partida pelo lado dos visitantes, que por vezes assistiam os rivais se distanciarem no placar. Entretanto, novamente o Botafogo foi melhor na reta final do período e conseguiu reduzir a diferença no marcador para seis pontos ao final da parcial.

Nos últimos dez minutos de confronto, a emoção tomou conta do duelo. Os dois adversários foram alternando momentos de superioridade em quadra – até que o Flamengo conseguiu distanciar-se de vez no placar, aproveitando-se dos erros dos alvinegros, saindo com o triunfo e a classificação para a final da Copa Super 8.

Fonte: Gazeta Esportiva