As últimas rodadas mostram que Botafogo e Corinthians não fazem a menor questão de jogar a Libertadores em 2017.

A Confederação Sul-Americana oferece mais vagas na competição. Alguns times brasileiros porém se recusam a aceitar.

O time carioca é, ainda, um dos favoritos ao G6. Acontece que inexplicavelmente a equipe dirigida por Jair Ventura parou. Não ganha mais e nem faz gols. Já são 3 partidas de jejum. A derrota para a desinteressada Chapecoense acentua a perigosa queda de rendimento na hora H.

Se o Botafogo não quer, encontra a solidariedade do Corinthians que tropeça nas próprias pernas e dá esperança ao virtual rebaixado Figueirense

É muita incompetência dos dois lados.

Isso sem contar com o Atlético-PR que vai se arrastando em sexto lugar. Ninguém sabe até quando.

Até o Cruzeiro se sente no direito de sonhar. E Mano Menezes não está errado.

A turma lá da frente parece rejeitar a competição.

Pelo que os envolvidos tem mostrado, a tendência, caso não mudem radicalmente seus respectivos elencos, é que não tenham mesmo vida longa se conseguirem a vaga na Libertadores.

A primeira e segunda fases não serão tão simples assim como nos anos anteriores.

Será preciso muito mais do que Botafogo, Corinthians, Atlético-PR estão mostrando para avançar.

Caso contrário, é melhor ficar em casa.

Fonte: Blog Bate-Pronto - Bruno Voloch - Yahoo! Esportes