Blog: ‘Botafogo em 1º lugar com torcida e Seedorf, o cara’

Compartilhe:

Seedorf foi contratado pelo Botafogo e me despertou receio. Não devido ao aspecto técnico, mas pelos jogos que vinha disputando no Milan, em quantidade cada vez menores a cada temporada. Normal para um veterano, por mais que se cuide.

Em ação com a camisa alvinegra, foi poupado algumas vezes, mas em geral vai a campo. E ele é fundamental. No triunfo (2 a 0) sobre o Vitória que recolocou o Botafogo na primeira posição, o holandês deu passes para os gols de Vitinho e Elias.

Na primeira vez do Botafogo como mandante no “New Maracanan”, compareceram 14.825 pagantes com um total de 19.075 presentes. Colocaram 44.395 mil ingressos à venda, 57% da capacidade do estádio, ou seja, foram vendidos cerca de um terço dos bilhetes.

Não é um público espetacular, mas para quem vinha atuando, ainda no Engenhão, diante de 3 mil, 4 mil testesmunhas, não deixou de ser motivador. Por isso Seedorf comandou a saudação à torcida botafoguense após o apito final. E o técnico Oswaldo de Oliveira agradeceu a presença da galera.

No intervalo, uma situação estranha. Vitinho parou para dar entrevistas e o holandês não deixou, puxando o garoto pelo braço. Liderança excessiva? Bronca com o jovem jogador? Raiva da imprensa? O que teria se passado pela cabeça do camisa 10?

Depois da peleja, ele parou e, em meio a sorrisos, conversou com os jornalistas. Explicou que estava preocupado com uma possível perda de concentração de Vitinho, festejado por ter marcado o único gol até aquele momento. O líder não queria que o menino se empolgasse, era preciso vencer antes.

Seedorf é um cara tão sensacional que até quanto parece que ele teve uma atitude negativa logo depois você percebe que não era nada daquilo. Liderança técnica, emocional, psicológica. Ele é alma e cerébro do Botafogo, primeiro colocado do campeonato brasileiro.

Seedorf na Série A 2013, em 9 jogos, fez três gols, deu 4 assistências, e por jogo tem…

39,6 passes certos
2 lançamentos certos
2,1 viradas de jogo
3,4 cruzamentos
1,6 falta cometida
2,7 faltas recebidas
1,7 drible
1,8 desarme certo
2 finalizações
0 cartão

Fonte: Blog do Mauro Cézar Pereira - ESPN.com.br

Comentários