Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Série B

26/06/21 às 16:30 - Castelão

Escudo Sampaio Corrêa
SAM

X

Escudo Botafogo
BOT

Série B

20/06/21 às 16:00 - Aflitos

Escudo Náutico
NAU

3

X

1

Escudo Botafogo
BOT
Ler a crônica

Série B

17/06/21 às 19:00 - Do Café

Escudo Londrina
LON

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT
Ler a crônica

Blog: ‘Botafogo precisa adotar protagonismo inesperado para chegar à Libertadores’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Começamos o ano sonhando com uma difícil permanência na 1ª divisão. Ao longo do ano, a falta de planejamento nos fez temer pelo pior e, com um time bem abaixo das necessidades, vimos a Série A cada vez mais distante lá em dezembro. Quem falasse em Libertadores há dois meses, certamente seria motivo de piada entre os próprios alvinegros. Como cereja do bolo, a trairagem de Ricardo Gomes nos tirou o pouco de confiança que restava.

Aí está a graça do futebol. Quando a vaca parecia bem perto de voltar ao brejo, o Botafogo renasceu. Jair Ventura foi efetivado, mostrando que o trabalho do ex-treinador não era fundamental como imaginávamos. Camilo chegou, ajeitou o meio-campo e virou peça-chave. Sidão parou de transmitir insegurança. O time, enfim, encaixou – e embalou uma sequência de resultados quase inacreditáveis.

Até ontem, com 41 pontos conquistados a 10 rodadas do fim da competição, vivíamos na linha tênue entre sonhar com a Libertadores – algo inimaginável pouco tempo atrás – e enfrentar a dura realidade da permanência matemática. Pois bem: o destino resolveu nos fazer outra surpresa agradável e, através da Conmebol, fez um comunicado capaz de acelerar o coração do mais pessimista botafoguense.

A mudança veio ainda mais generosa que a especulação e a vaguinha extra na Libertadores via Brasileirão foi multiplicada. Em vez de o G4 virar G5, teremos um G6. Além de, claro, rolar a forte possibilidade de termos o campeão da Copa do Brasil entre os classificados no Nacional – ou seja, um impressionante G7 é bem provável.

Posto isso, é hora de colocarmos as cartas na mesa. A apenas cinco pontinhos do número mágico anti-Z4, chegou a hora de almejarmos, definitivamente, voos mais altos. Jair Ventura, que vinha mandando bem com seu discurso de pés no chão, já pode se permitir olhar pra cima e ver que a distância pro já confirmado G6 é de apenas um pontinho. Sim, podem conferir lá, eu também quase não acreditei.

ESPN.com.br

ESPN.com.br
Os clubes que brigam por vagas na Libertadores de 2017

Não é nenhum absurdo afirmar que os 4 primeiros colocados já estão na Libertadores. Sendo assim, nossos concorrentes diretos por duas vagas são Fluminense, Atlético-PR, Corinthians, Grêmio, Ponte Preta e Chapecoense. Pra méritos de comparação, no 2º turno vencemos todos – exceto os dois últimos, que ainda receberemos na Arena Botafogo nessa reta final. Sinal da força que o Alvinegro construiu durante essa metamorfose que realizou em meio ao torneio.

Esta mudança repentina precisa ser um gás a mais para o Botafogo. Dentre os citados, somos o clube que vive o melhor momento. No returno, temos a 2ª melhor campanha entre os 20 clubes. Chegou a hora de bater no peito e assumir o protagonismo que o destino nos reservou. Uma dessas vagas precisa ser nossa. Se o time jogar com esse objetivo em mente e a torcida comprar o barulho e comparecer à bancada, 2016 pode ter um desfecho sensacional.

Serão dez partidas daqui até o último apito final: Figueirense (F), Internacional (C), Atlético-MG (C), Santa Cruz (F), Coritiba (C), Flamengo (F), Chapecoense (C), Palmeiras (F), Ponte Preta (C) e Grêmio (F). São 30 pontos, sendo 15 disputados em casa e outros 15 fora. Conquistando 50% deles, pelo menos, a missão fica bastante palpável. Acreditemos desde já.

Notícias relacionadas
Comentários