Feliz o torcedor que acompanha o trabalho das divisões de base do Botafogo.

O Glorioso, que venceu a Taça Guanabara com folga e acabou derrotado na decisão da Taça Rio, reverteu a vantagem conquistada pelo Flamengo na 1ª partida da decisão e conquistou o título nos pênaltis na Arena Botafogo. O matador Renan Gorne terminou a competição com 20 gols, sendo o artilheiro da competição.

Provando que o bicho é certo, como já diria Manga, vencemos no tempo normal com gol de Alison e pressionamos até o fim. Como os molambos venceram o jogo de ida por 2 a 1, coube ao goleiro Diego – que é a 3ª opção da meta alvinegra – o posto de herói ao defender 3 pênaltis e ser decisivo no merecidíssimo título do Botafogo.

Vale frisar que o sucesso também se estende ao Campeonato Brasileiro Sub-20, onde já estamos na semifinal após duas difíceis fases de grupo. O técnico Eduardo Barroca, que herdou o – também excelente – trabalho do ex-comandante Mauricinho, se mostra uma promessa da nova geração. Ao passo que tem o grupo na mão e é ativo na área técnica, ele também mostra a serenidade de quem sabe o que faz na parte tática.

Só quem acompanha o dia-a-dia dessa garotada sabe o tamanho do merecimento dessa conquista. Revelar bons valores é o mais importante e, se capricharmos na transição, teremos ótimos jovens no time profissional – mas é fato que conquistar títulos também forja o caráter vencedor dos nossos jovens desde as categorias inferiores. Eles se doaram o ano inteiro, trabalharam duro e agora começam a colher os frutos.

Não restam dúvidas de que as categorias de base são a melhor parte da gestão de Carlos Eduardo Pereira. Mesmo com uma estrutura que não é a ideal pra um clube de ponta, as dificuldades são superadas com a gana de quem quer vencer na vida. A aplicação tática do time em campo é invejável e a vontade é impressionante – algo que deveria servir de lição pro time principal.

Dedico aqui meus parabéns a todo o grupo, ao técnico Eduardo Barroca e seu staff, além do empenhadíssimo Manoel Renha, coordenador geral da base. Deixo também um convite: prestigiem nossos jovens, vão aos jogos – sempre com portões abertos – e apóiem a nossa divisão de base. Esses garotos são o nosso futuro técnico e financeiro.

Abaixo, a relação de todos os atletas do grupo. Parabéns, molecada, e pra cima do Coritiba no Brasileirão!

Diego
Marcinho
Marcelo
Kanu
Victor Lindenberg
Gustavo Bochecha
Yuri
Matheus Fernandes
Renan Gorne
Alison
Pachu
Lucão
Helerson
Jordan
Lucas Campos
Amilcar
Mateus Jorge
Igor Cássio
Mauro
Victor Hugo
Luca Motta
Fernando

Fonte: Blog Preto no Branco - Pedro Chilingue - ESPN FC