BOTAFOGO 0 x 0 MADUREIRA.

Em tese, Felipe Conceição faz o certo, mantendo a base do time montado por Jair Ventura.

Leo Valencia executa a função que era de Bruno Silva;

Luís Fernando no lugar de Rodrigo Lindoso;

E Brener ocupa a vaga de Roger.

O Botafogo assim mantém o perfil competitivo e tenta se mostrar um pouco mais ofensivo, longe do jogo reativo.

Mas pouco evolui.

Repete erros, não emite sinais de melhora e entedia a torcida.

Daí a ansiedade pela presença de Renatinho e Kieza.

É o desejo de ver a equipe com outra postura…

Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online