Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Blog: ‘Os reservas do Botafogo não são inferiores aos titulares do Fluminense’

0 comentários

Compartilhe

A adoção do terceiro volante na parede de proteção do sistema defensivo fez outra vítima.

E desta vez, por ironia, o próprio Fluminense, time que vinha surpreendendo seus adversários desde a adoção do esquema, com Valência, Diguinho e Jean. Eduardo Húngaro levou o Botafogo a campo com Bolatti, Renato e Aírton e limitou as ações de Conca e dos laterais tricolores.

Renato Gaúcho, em desvantagem no placar, resolveu abrir mão de Valência, no intervalo.

Pôs o time no 4-2-4 e o caminho ficou aberto para a justa vitória alvinegra.

Moral da história: os reservas do Botafogo não são inferiores aos titulares do Fluminense.

Húngaro tinha razão…

FLUMINENSE 0 x 3 BOTAFOGO.

Botafogo dominou a fase inicial diminuindo os espaços no meio e confundindo o posicionamento defensivo do Fluminense com a movimentação de Daniel e Henrique.

Conseguiu um gol num chute de fora da área e obrigou o time de Renato a ser mais ofensivo.

Com a maior aplicação de uns e a experiência de outros, os reservas alvinegros foram mais equilibrados e eficientes.

O Fluminense ganha muito com Fred, mas perde mobilidade.

Renato percebeu a marcação em Conca e no intervalo apostou na entrada de Wagner no lugar de um volante.

Sofreu o segundo gol.

Depois trocou Sóbis por Walter.

Levou o terceiro.

Nada deu certo!

Pelo contrário: suas mexidas apenas evidenciaram a fraqueza do sistema defensivo.

E para finalizar, Fred desperdiçou mais uma cobrança de pênalti.

E agora, Renato?

Comentários