Blog pede reposição no meio-de-campo após negociações

Compartilhe:

A liderança no Campeonato Brasileiro está sendo muito comemorada pela torcida do Botafogo. Mas é preciso muito cuidado para não se iludir. O Alvinegro, no meu entender, hoje tem condições de seguir brigando na parte de cima da tabela de classificação. Ser campeão ou não envolve muitas circunstâncias. Mas quem chega ao título normalmente consegue o feito porque ao longo da caminhada reduziu as suas chances de erro. E o Botafogo precisa urgentemente fazer isso em termos de elenco.

Não estou dizendo que o elenco é fraco. Muito pelo contrário. Mas é preciso ajustes no meio-de-campo. As saídas de Fellype Gabriel e Andrezinho não podem ficar sem uma reposição. Ainda mais se levarmos em consideração que Cidinho está se recuperando de lesão. Pelo menos um jogador precisa chegar para repor essas perdas. A luta para manter os salários em dia está complicada e com os problemas envolvendo o Engenhão se tornou ainda mais ingrata. Mas o presidente Maurício Assumpção precisa tirar um coelho da cartola e, de preferência, um coelho que saiba armar jogadas.

Vitinho não pode ser tratado como o substituto de Fellype Gabriel. Características completamente diferentes. Jeferson também é muito cru. Renato é uma peça de reposição, mas para jogar na primeira metade do meio-de-campo. Já foi testado mais avançado e não agradou. Dessa maneira, Se Lodeiro, Seedorf ou Vitinho deixar a equipe a coisa pode se complicar.

Caso o reforço não venha, Oswaldo precisa pensar em possibilidades de mudar a equipe para resolver esse impasse. A entrada de um atacante, ou até mesmo de um zagueiro, liberando os laterais, são possibilidades. Para a zaga sobram opções e o ataque ganhou mais respaldo com Alex, que coloco muita fé, e Elias, que tem bom senso de deslocamento e localização. O time ganhou do Figueirense e do Fluminense, mas em ambos os casos esteve perto de não ganhar.  Como disse, é preciso reduzir as chances de erro.

Fonte: Blog Ninguém Cala - Lancenet!

Comentários